Compras: como ter autocontrole e não jogar seu dinheiro no ralo


Controlar as despesas é o primeiro passo para o verdadeiro investimento.

 

Eu tenho obsessão pelo controle das minhas despesas e não deixo passar nada.

 

Sempre fico de olho para onde o meu dinheiro quer “correr”.

 

Uma técnica que uso muito e vai ajudar a você a controlar os seus gastos é a técnica das 48 horas.

 

Já está comprovado que a maioria das compras é feita por impulso e você não compra aquilo que realmente precisa.

 

Além disso, depois de algumas semanas, você se arrepende de ter comprado algo que não precisava e que provavelmente não usará.

 

O que acontece é que, no momento da compra, o seu subconsciente te faz acreditar que você vai usar e que o produto é sim, muito útil para a sua vida – tudo ocorre em milésimos de segundos.

 

Se você está no “vermelho” e identificou que a compra por impulso é uma das causas, provavelmente este problema não começou agora.

 

É a “bola de neve do consumo” que atrapalha seu planejamento e afasta você do equilíbrio financeiro. Eu também gosto de chamar de “bolas de impulsividade”.

 

A técnica das 48 horas é como se fosse um remédio de autocontrole e também muito simples:

 

Toda vez que você estiver neste momento de impulsividade (e olha que você estará muitas vezes) e pensar em comprar alguma coisa você deve se perguntar: eu preciso deste produto ou serviço?

 

Faça esta pergunta a você e concentre a energia neste pensamento.

 

Durante dois dias reflita se realmente aquele produto ou serviço vai gerar valor e será útil para você.

 

Se ele for realmente necessário volte e compre.

 

Minhas experiências em “cases” de como jogar o dinheiro no ralo garante que você se surpreenderá e verá que muitos destes desejos não passam de um impulso, de algo irracional e momentâneo que levará para o ralo muitos Reais do seu suado salário.

 

Agora multiplique estes desejos e tente mensurar o quanto você poderia economizar com apenas uma pergunta:

 

Eu preciso deste produto?