Crise? Obrigado


Aos 18 anos eu comprei a minha primeira ação e já tinha formação técnica em mercado de capitais pela Bolsa de Valores do Rio.

 

Desde então, eu vi muita coisa acontecer.

 

Eu atravessei e sobrevivi à várias crises:

1995 – Crise Mexicana
1997 – Crise Asiática
1999 – Crise Cambial Brasileira
2000 – Bug do Milênio
2001 – Atentado ao WTC; Crise Energética Brasil; Crise Argentina
2002 – Eleições do LULA
2003 – Guerra do Iraque
2008 – Crise dos Subprimes
2012 – Crise Europeia
2016 – Impeachment Dilma
2017 – Temer (Atual)

 

No início do ano, também passei por uma crise pessoal: um grave acidente.

Esta, sem dúvida, dentre todas as crises acima, foi a mais volátil e assuatadora que eu já passei.

 

O que eu aprendi com tudo isso:

1) Se você quiser viver em um mundo sem crise e sem volatilidade, ESQUEÇA!

É melhor aprender a conviver em harmonia com a incerteza e tirar proveito da situação, com sabedoria, planejamento e boa fé.

 

2) Dinheiro não desaparece.

É no momento de crise que o dinheiro vai mudar de mão e quanto mais forte é a crise, mais intensa é esta mudança.

 

3) Toda crise é uma realidade e também uma oportunidade.

Mas é preciso ter o conhecimento certo para aproveitar esta oportunidade.

 

Em todas estas crises eu me deparei com o mesmo filme de terror:

“o mundo vai acabar!”; “vivemos a pior crise de todos os tempos”;

São os profetas do apocalipse e terroristas de plantão. São pessoas que compartilham o caos…

Não adianta ficarmos sentados chorando.

 

Eu e Você, nós passamos por todas as crises e, fortalecidos, sobrevivemos para enfrentar novos desafios.

Somos como pilotos de aviões gigantes que passam por turbulências todos os dias.

Pilotos treinados para agir com racionalidade, tranquilidade e inteligência.

 

Eu também aprendi que nas crises, os mínimos detalhes farão as maiores diferenças e VOCÊ é o primeiro detalhe nesta mudança.

 

O que vai acontecer? Não sei!

Desconfie de quem diz que sabe. Provavelmente, esta pessoa ganhou uma mala de dinheiro.

 

Só sei que, todos os dias, eu acordo procurando dar o meu melhor e durmo agradecendo o dia que tive.

O cenário político é instável e requer cautela.

 

Nos investimentos, temos excelentes oportunidades para o longo prazo.

Foque nos detalhes.

 

Um abraço,

Alex

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *