Resgates dos Títulos Públicos


O Tesouro Nacional garante liquidez diária aos seus títulos públicos. Isso significa que você poderá resgatar os seus investimentos todos os dias. Das 9h30 às 18h, nos dias úteis, os resgates serão processados com os preços e taxas disponíveis no momento da transação. Das 18h às 5h e ao longo de todo o fim de semana ou feriado, os resgates serão liquidados com os preços e taxas de abertura do dia útil seguinte.

 

Para os títulos que pagam juros semestrais (cupons de juros) – Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B), Tesouro IGPM+ com Juros Semestrais (NTN-C) e Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F) – a opção de resgate será suspensa 2 (dois) dias úteis antes do pagamento desses fluxos periódicos.

 

Não há prazo de carência para você resgatar os títulos do Tesouro Direto, nem limite no valor do resgate. Ressaltamos que os títulos públicos são recomprados pelo Tesouro Nacional aos preços de mercado na referida data. Se você permanecer com os títulos até a sua data de vencimento, receberá o valor correspondente à rentabilidade pactuada no momento da compra, independente das variações de preço do título ao longo da aplicação. Entretanto, no caso de resgate antecipado, o Tesouro Nacional recompra o título com base em seu valor de mercado. Logo, no resgate antes do vencimento, o retorno da aplicação poderá ser diferente do acordado no momento da compra, dependendo do preço do título no momento em que o investidor decidir resgatá-lo.

 

Fonte: Tesouro Direto

 

Taxas cobradas nos Títulos Públicos

Tributação dos Títulos Públicos